//img.uscri.be/pth/45806cf4bba45cddf1a3dd98c8e5340db5624716
Cette publication ne fait pas partie de la bibliothèque YouScribe
Elle est disponible uniquement à l'achat (la librairie de YouScribe)
Achetez pour : 5,49 € Lire un extrait

Téléchargement

Format(s) : PDF

avec DRM

Aritz : O legado de Cnossos - 2

De
52 pages

Esta banda desenhada conta a estória de três amigos que enfrentam um louco que tenta restaurar de forma tirana o antigo reino minóico através do caos e do terror. Há labirintos e minotauros na estória. Está presente na mesma uma proposta mitológica. Também nos apresenta um esboço geral da actual cultura cretense: formas de vida, hábitos de consumo, festas populares... Tudo isso reunido dá lugar a um argumento absorvente e confuso onde o leitor extasiado não se importa de se perder, como se perdem os protagonistas no labirinto do mau da humanidade.

Voir plus Voir moins
oráculo!
“desconfia dos novos peregrinos vindos de além do mar egeu. neles terás o teu inimigo.”
então devo temer uns estrangeiros? onde estão neste momento?
inútil! mentecapto! energúmeno! sarraceno!
ó sibila! ó grade desígnio divino! eisme aqui disposto a acatar o teu veredicto. que sorte terá o meu projecto?
no mar, servo fiel…
…no mar…
és uma cabecinha de alho chocho, joxé! como é que foste capaz de chocar o barco contra o único recife que havia no mar todo?
é que… o comandante disse que eu podia levar o leme…
muito facilmente, eider: se nos deixarmos arrastar pela corrente chegaremos à costa de creta.
e não te ocorreu por acaso que a corrente nos pode levar para alto mar, seu tolo?
bem, eu já estou de volta a terra por isso não me custa nada leválos para a costa…
poderseia dizer que isto foi um acidente…
e como é que nos vamos livrar desta?
então meninos. com certeza que encontramos al guma maneira de nos salvarmos.
a eider tem razão, joxé. desta vez foi de mais.
pode saberse o que fazem uns turistas à deriva?
bom dia. e muito obrigado por nos ajudar.
o acidente foi trazerte connosco, joxé.
porque passaste meia viagem a pedirlhe que te deixasse fazêlo!
pareceme que a melhor forma de evitar problemas é deixar aqui o joxé.
mereces outra cacetada!
ai!
então aritz, defendeme um pouco…
nada de violência no nosso mar.
um pescador! estamos salvos!
quando vos vi fiquei preocupado, sabem? depois dos últimos desaparecimentos…
desapareci mentos?
desde há umas semanas atrás já desapareceram sete turistas na ilha. estamos todos preocupados.
além disso, estamos em época de seca. há quatro meses que não chove e andamos muito preocupados.
terra, finalmente! acabouse o vaguear pelo mar!
entendo…
olhe, obrigadíssimo. não sei o que teríamos feito sem a sua ajuda.
provavelmente, teriam acabado por afogar o vosso amigo. he, he…
terra! terraaaaa!
o que se passa com ele?
nada, deixeo lá…
você está doido? pare de agitar o barco.
já sabias que nos dirigíamos para terra, palhaço!
oh não!
que se passa contigo?
o turismo é muito importan te em creta.
não olhem, não olhem!
não, não, não!
mas o que é que viste?
estão a ver aquela ra pariga ali?
que está com o tipo careca?
é boa rapariga mas…
oh não! está a vir nesta direcção!
o quê?
sim, essa mesmo…
quem é?
idoia askunze!
é uma rapariga de pamplona, mas é melhor que não a conheças.
mas o quê?
vamos embora!
ei! eu quero conhecêla.
yupi!
não olhes, não olhes, não olhes! vamonos embora daqui, já!
idoia “a chata”.
e quem é idoia askun ze?
não, vamos!
vamos, metamse aqui dentro!
sim, essa.
sim, claro!
começo a gostar destes cretenses!
também lhes posso servir um pouco de “suvlakia”.
para não ser maleduca do...
não se preocupem, em creta toda a gente é bemvinda. querem um copo de “raki”?
vocês são estrangei ros?
sou agricultor. na verdade, devia estar a trabalhar mas com a seca não há muito que fazer…
você é pescador?
anda, entra lá!
que estás para aí a dizer? como é que vamos entrar em casa de desconheci dos?
espero que isso de “imbecil” não seja para mim, minha senhora.
mas tu és mesmo um imbecil!
estavamos a comentar como esta casa é bonita…
não, não… é que… isto… desculpe, mas…
ora, ora!!!
não fiquem aí de pé. sentemse...
sim, desculpe a nossa entrada intempestiva…
joxé, pára já de beber!
este “raki” é bom… por creta!
ooooh!!!
pensam ficar muito tempo em creta?
mais ou menos uma semanita... o tempo que durarem as nossas férias!
e pelo “raki”!!!
tenho a certeza de que vão acabar por ficar muitos dias mais nesta terra de la birintos e minotauros…
muito obrigado pela hospitalidade.
voltem sempre que quiserem!
estou? senhor, quero avisálo de que acabam de chegar novos estrangeiros à ilha…
o que nos recomenda na ilha?
estes cretenses são mesmo simpáticos.
são as festas de xerocambos. de certeza que estão a celebrar uma festa com touros na praça.
que bom que é este raki! não queres, eider?
pfu!
tu simpatizas com quem quer que te ofereça um copo!
sim, estão agora mesmo a dirigirse para a praça...