A China está preparada para aceitar o desafio de qualidade?

Publié par

a china está preparada para A China é o maior exportador do mundo, e com isso, há um grande desafio para o país manter a qualidade e a produção de baixo custo.

Publié le : jeudi 31 juillet 2014
Lecture(s) : 130
Licence : En savoir +
Paternité, partage des conditions initiales à l'identique
Nombre de pages : 2
Voir plus Voir moins
a china está preparada paraA China é o maior exportador do mundo, e com isso, há um grande desafio para o país manter a qualidade e a produção de baixo custo. Após um cenário de revolta dos consumidores e pelas punições mais rigorosas para a pirataria, falsificação e contaminação, a China se esforça para superar sua fama de fabricante de produtos de má qualidade.
Após tudo isso, a qualidade se tornou uma prioridade para o governo chinês, que está criando agências reguladoras cada vez mais fortes, e elaborando normas mais rigorosas, mas a fiscalização irregular significa que tanto as fornecedoras chinesas quanto os compradores estrangeiros terão de se encarregar docontrole de qualidade. Agora, o sistema de fabricação chinês, é examinado por especialistas do Boston Consulting Group (BCG) e da faculdade de administração Wharton, para verificarem como os padrões de qualidade estão sendo aplicados, e como as fabricantes chinesas e suas parceiras de negócios estrangeiras podem alcançar essas metas. As negociações para a melhora docontrole de qualidadeda China devem ser mudadadas. O desafio é a velocidade em que é feita a produção de baixo custo, e não é exigida a qualidade, tanto dos compradores de fora da China, que pedem ao gerente de compras a negociação, e só se concentram nos preços baixos, e não realizam uma maior aproximação com as empresas chinesas. A solução seria o envio de inspetores para a fábrica, assim os próprios fornecedores
seriam obrigados a mudar de atitude na produção. O desafio para as fabricantes chinesas é investir no controle de qualidade e nos processos de produção sem perder a vantagem delas como produtoras de baixo custo. Quanto às parceiras com empresas estrangeiras, o desafio parece mais simples: estabelecer e impor pontos de referência de qualidade efetivos.
Soyez le premier à déposer un commentaire !

17/1000 caractères maximum.