Cet ouvrage fait partie de la bibliothèque YouScribe
Obtenez un accès à la bibliothèque pour le lire en ligne
En savoir plus

IEPP portugais lv1 2005 bac+1 admission en deuxieme annee

6 pages
I.E.P. DE PARISMAI 2005Examen d'entrée en 2èmeannée du premier cyclePORTUGAIS1èrelangueMaioria nio quer deixar favela, diz estudoSegundopesquisa da UFRJ, 69% dos moradores niio mudam de local mesmo com opçiio deviver em casa maior01Olhando fiiamente os nillneros, 0 aumento da populaçao que vive em favelascariocas impressiona. Parece um mundo que cresce impulsionado pela falta de opçoes demoradia e que so faz piorar as condiçoes de vida nesses locais.Um estudo do pesquisador Pedro Abramo, do 1ppur(Instituto de Pesquisa e05Planejamento Urbano Regional), da UFRJ (Universidade Ferderal do Rio de Janeiro), feitopara 0 Instituto Pereira Passos, da Prefeitura do Rio, mostra que a dinâmica desse .crescimento naDpode ser explicada so pela miséria ou pela falta de opçoes.0 estudo mostra que ha mais vantagens em morar na favela do que supoem os que avèem de fora. Tanto que 69% de compradores de imoveis que foram confrontados pelos10pesquisadores corn outras opçoes de moradia dizem que continuariam ali.0 Censo do mGE (Fundaçao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica) ja haviamostrado que, de 1991 a 2000, 0 nillnero de pessoas morando em favelas cariocas aumentou24%, enquanto a populaçao das outras areas da cidade cresceu 4%. Era de se supor que issoviesse acompanhado de uma piora generalizada nas condiçoes de moradia das favelas.15No entanto, apesar do crescimento maior da populaçao, 0 nillnero médio demoradores por domicilio nas favelas cariocas naDso ...
Voir plus Voir moins
bac