SISTEMA DE CRIAÇÃO DE CAVALOS PANTANEIROS NO PANTANAL (PRODUCTION SYSTEM OF PANTANEIRO HORSES IN THE PANTANAL)

De
Publié par

Resumo
Este estudo foi realizado em setembro de 1991 e objetivou descrever o sistema de produção de cavalos Pantaneiros na região do Pantanal, Brasil. Foram aplicados 15 questionários para criadores de diferentes sub-regiões do Pantanal, enfocando aspectos do sistema de produção (manejo administrativo, reprodutivo, nutricional, funcional e de seleção). Os dados obtidos foram agrupados e analisados em função do tipo de manejo: extensivo e semi-extensivo. Os resultados mostraram que as criações de cavalos Pantaneiros apresentaram muitos aspectos em comum, apesar das práticas de manejo diferirem entre os criadores. Os índices zootécnicos foram relativamente bons, especialmente a taxa de fertilidade (80-99 p.100), que não diferiu significativamente entre os sistemas de manejo, indicando que os rebanhos apresentaram características de adaptação às condições naturais da região. De maneira geral, os criadores de cavalos Pantaneiros na região do Pantanal, independente do sistema de criação,
Resumen
This study was conducted in September, 1991 and aimed to describe the production system used by producers of Pantaneiro horses in Pantanal region, Brazil. A standard questionnaire was applied to fifteen producers of different sub regions, focusing different aspects of the production system (administrative, reproductive, nutritional, functional and selection management). Data were grouped and analyzed in accord to management type: extensive and semiextensive. It was observed that although the management system of Pantaneiro horses varied among producers, there were several similar aspects among them. Independently of the management adopted, zoothecnic indices were relatively good, especially fertility rate (80-99 percent), indicating an excellent adaptation of the breed to the natural conditions of the region. In general, the producers of Pantaneiro horses recognize the value of the breed and worry about its conservation, independently of the production system.
Publié le : jeudi 1 janvier 2004
Lecture(s) : 63
Source : Archivos de Zootecnia 0004-0592 2004 Volumen 53 Número 203 pp: 333-336
Nombre de pages : 4
Voir plus Voir moins
Cette publication est accessible gratuitement

NOTA BREVE
SISTEMA DE CRIAÇÃO DE CAVALOS PANTANEIROS NO PANTANAL
PRODUCTION SYSTEM OF PANTANEIRO HORSES IN THE PANTANAL
1 2 1 2 3Santos, S.A. , M.C.M. Mazza , J.R.B. Sereno , C.A.S. Mazza , A.C.M.S. Pedreira ,
4A.A.S. Mariante , J.A. Silva e M.C. de A. Marques
1Embrapa Pantanal. C. Postal 109. 79320-900 - Corumbá. MS, Brasil. E-mail: sasantos@cpap.embrapa.br
2Embrapa Floresta. C. Postal 319. 83411-000. Colombo. PR, Brasil.
3Doutoranda. USP-ESALQ. Av: Pádua Dias - Piracicaba. SP, Brasil.
4Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia. C. postal. 02372. CEP: 70700-900. Brasília. DF, Brasil.
5Técnico da EMPAER. Av: Joaquim Murtinho, s/n. CEP: 78175-000. Poconé. MT, Brasil.
6Chefe da STA da ABCCP. Av: Joaquim Murtinho, s/n. CEP: 78175-000. Poconé. MT, Brasil.
PALAVRAS CHAVE ADICIONAIS ADDITIONAL KEYWORDS
Raças de origem ibérica. Recursos genéticos Iberian breeds. Animal genetic resources. In situ
animais. Conservação in situ de animais. conservation of farm animal.
RESUMO SUMMARY
Este estudo foi realizado em setembro de This study was conducted in September, 1991
1991 e objetivou descrever o sistema de produção and aimed to describe the production system
de cavalos Pantaneiros na região do Pantanal, used by producers of Pantaneiro horses in
Brasil. Foram aplicados 15 questionários para Pantanal region, Brazil. A standard questionnaire
criadores de diferentes sub-regiões do Pantanal, was applied to fifteen producers of different sub
enfocando aspectos do sistema de produção regions, focusing different aspects of the
(manejo administrativo, reprodutivo, nutricional, production system (administrative, reproductive,
funcional e de seleção). Os dados obtidos foram nutritional, functional and selection manage-
agrupados e analisados em função do tipo de ment). Data were grouped and analyzed in accord
manejo: extensivo e semi-extensivo. Os resulta- to management type: extensive and semi-
dos mostraram que as criações de cavalos extensive. It was observed that although the
Pantaneiros apresentaram muitos aspectos em management system of Pantaneiro horses varied
comum, apesar das práticas de manejo diferirem among producers, there were several similar
entre os criadores. Os índices zootécnicos foram aspects among them. Independently of the
relativamente bons, especialmente a taxa de management adopted, zoothecnic indices were
fertilidade (80-99 p.100), que não diferiu relatively good, especially fertility rate (80-99
significativamente entre os sistemas de manejo, percent), indicating an excellent adaptation of
indicando que os rebanhos apresentaram carac- the breed to the natural conditions of the region.
terísticas de adaptação às condições naturais da In general, the producers of Pantaneiro horses
região. De maneira geral, os criadores de cavalos recognize the value of the breed and worry about
Pantaneiros na região do Pantanal, independente its conservation, independently of the production
do sistema de criação, system.
Arch. Zootec. 53: 333-336. 2004.SANTOS ET AL.
INTRODUÇÃO adaptar às condições bioclimáticas da
região (Santos et al., 1995). De maneira
O Pantanal é uma imensa planície geral, o manejo dos cavalos é feito de
periodicamente inundável, considera- forma integrada com os bovinos. No
do como um sistema complexo por entanto, para a criação de cavalos são
apresentar grande variabilidade espa- exigidas algumas práticas de manejo
cial e temporal. A principal atividade específicas para a espécie. Devido à
econômica é a exploração extensiva da carência de informações sobre os siste-
pecuária de corte, onde o cavalo mas de criação de cavalos Pantaneiros,
Pantaneiro, raça local, constitui-se num este estudo objetivou descrever no
elemento de grande importância para o âmbito de fazenda, os sistemas de criação
manejo do rebanho. No Pantanal, exis- existentes nas principais sub-regiões
te uma população de cerca de 120000 criadoras da raça no Pantanal.
eqüinos, dos quais apenas cerca de 2
p.100 são cavalos Pantaneiros regis-
trados na Associação Brasileira de MATERIAL E MÉTODOS
Criadores de Cavalos Pantaneiros
(ABCCP), sediada em Poconé, MT. A Os dados apresentados neste tra-
grande maioria dos cavalos existente balho são resultantes de levantamento
no Pantanal é remanescentes dos efetuado, junto aos diversos criadores
cavalos Pantaneiros, que não atendem de cavalos Pantaneiros da região do
às características raciais do padrão de- Pantanal. As informações foram
finido pela ABCCP, e mestiços, resul- obtidas mediante questionários pre-
tantes de cruzamentos indiscriminados viamente elaborados e aplicados
com outras raças, que conseguiram se diretamente ao produtor através de
Tabela I. Índices zootécnicos dos sistemas de criação de cavalos Pantaneiros em função do
sistema de manejo, conforme informações dos proprietários. (Zootechnical indices of the
production system of Pantaneiros horses according the management system and farmer's information).
Sistema extensivo Sistema semi-extensivo P
Min. Máx. Média±dp Min. Máx. Média±dp
Taxa de fertilidade, p.100 80,0 90,0 82,5±5,0 80,0 99,0 88,9±5,5 0,066
Taxa de mortalidade, p.100 5,0 15,0 8,8±4,8 5,0 30,0 11,0±8,1 0,617
Idade à primeira cria, anos 3,0 4,0 3,8±0,5 3,0 4,0 3,6±0,5 0,629
Idade ao 1º serviço, anos 3,0 4,0 3,0 5,0 3,8±0,6 0,148
Idade à desmama, meses 8,0 12,0 10,5±1,9 6,0 12,0 9,8±2,0 0,559
Intervalo entre partos, meses 12 12 12,0 12,0 12,0 12,0 -
Relação garanhão:égua 1:10 1:12 1:11,0 1:12 1:15 1:13 0,103
Área da propriedade, 13000 70000 37000 2200 29000 12350
hectares ±24617 ±8347,0
Número total de cavalos 40,0 660,0 300,0±262,8 20,0 320,0 122,0±98,9
Archivos de zootecnia vol. 53, núm. 203, p. 334.SISTEMA DE CRIAÇÃO DE CAVALOS PANTANEIROS NO PANTANAL
entrevistas pessoais. A seleção dos en- Brasileira de Criadores de Cavalo
trevistados contou com a participação Pantaneiro (ABCCP), Empresa Técni-
do grupo de técnicos da Associação ca de Assistência Técnica e Extensão
Rural (EMATER) e Empresa de Pes-
quisa, Assistência e Extensão Rural de
Tabela II. Freqüência das práticas de ma- Mato Grosso (EMPAER). Foi levada
nejo (p.100) efetuadas pelos criadores de em consideração a existência de
cavalos Pantaneiros nos sistemas de criação cavalos Pantaneiros, com ou sem re-
extensivo e semi-extensivo, conforme gistro. Foram visitadas 15 fazendas,
informações dos proprietários. (Percentage sendo oito na sub-região de Poconé,
of management operations carried out by três em Cáceres, e quatro na Nheco-
Pantaneiros horses producer's in the extensive lândia, no período de 04 a 22 de
and semi-extensive systems, according the setembro de 1991.
farmer's information.) As fazendas foram classificadas em
função do sistema de manejo: semi-
Prácticas Sistema extensivo (geralmente possuem ani-
de manejo ext. semi-ext. mais registrados na ABCCP e prestam
cuidados básicos na criação), num to-
Manejo geral
tal de 10 propriedades e extensivo
Separação de categorias 100 100
(prestam poucos cuidados nas práticasFichas de controle 20 90
de manejo em geral), num total deUso comum com bovinos 100 100
cinco propriedades.Animais registrados 20 80
Manejo reprodutivo No questionário aplicado foram
Monta controlada 20 50 abordados dados quantitativos que
Separação de rebanhos 60 100 compreendiam distribuição e compo-
Castração animais de serviço 100 100 sição do rebanho e índices zootécnicos.
Manejo nutricional Dados qualitativos sobre manejo geral,
Supl. Mineral completa 20 90 manejo sanitário, reprodutivo, nutri-
Suplementação alimentar 0 50
cional, funcional e seleção e/ou melho-
Pastagens cultivadas 20 80
ramento dos animais também foram abor-
Manejo sanitário
dados. Os dados quantitativos foramVacinação antirábica 60 60
analisados pelo procedimento GLM doVacinação contra encefalite 60 100
programa Statystical Analysis SystemVacinação contra garrotilho 100 70
Vermifugação estratégica 80 100 (SAS, 1989).
Exames periódicos e
controle de AIE 40 100
Controle de ectoparasitas 60 80 RESULTADOS E DISCUSSÃO
Manejo funcional
Doma racional 40 10 Os índices zootécnicos não dife-
Doma tradicional 60 30 riram significativamente (p>0,05) en-
Doma racional e tradicional 0 60 tre os sistemas de manejo (tabela I). A
Seleção/Melhoramento taxa de fertilidade de cavalos foi rela-
Cruzamento com outras raças 60 80
tivamente alta, indicando que a raçaSeleção 100 100
apresenta valiosas características de
Archivos de zootecnia vol. 53, núm. 203, p. 335.SANTOS ET AL.
adaptação às condições naturais da Para os aspectos sanitários, obser-
região, independente do sistema de vou-se que a mortalidade de animais
produção. no Pantanal variou em função da faixa
A distribuição das práticas de ma- etária e do sistema de manejo. Em
nejo efetuadas pelos criadores em termos gerais, as principais causas
função do sistema de produção aparentes de mortalidade dos animais
encontra-se na tabela II. A prática de foram acidentes, como ataque de felinos
acasalamento dirigido e/ou monta con- (onças), ofídios (cobra) e doenças
trolada ainda era pouco utilizada, com (Pitiose Eqüina, Anemia Infecciosa
exceção dos criadores que possuíam Eqüina, Encefalite Eqüina, etc).
cavalos registrados. Nas demais Em ambos os sistemas de criação,
propriedades, os criadores mantinham verificaram-se que os criadores faziam
o garanhão junto com a égua durante o algum tipo de seleção. Geralmente, o
ano todo, numa proporção sexual de criador utilizava a avaliação por
1:10-15. conformação como a principal ferra-
Com relação aos aspectos nutri- menta de seleção. Os criadores foram
cionais, os cavalos eram geralmente unânimes em dizer que o cavalo
mantidos juntos aos bovinos em gran- Pantaneiro é o animal ideal para o
des áreas de pastagens nativas, que Pantanal, pois é o único que suporta as
compõem a base alimentar. Os criado- adversidades da cheia e seca da região,
res do sistema semi-extensivo tinham trabalhando longos períodos sem
maior preocupação em fornecer receber grandes cuidados.
suplementação mineral completa aos
cavalos, embora estas fossem de
formulação específica para bovinos. CONCLUSÕES
Alguns desses criadores também
forneciam suplementação alimentar A pouca diferença observada entre
para os animais de trabalho, e para os índices zootécnicos de cavalos cria-
indivíduos que estavam em más dos em sistemas extensivos em relação
condições corporais e/ou sanitárias. aos cavalos criados em sistemas semi-
Os animais que participavam de extensivos indicaram que a população
exposições/leilões recebiam trata-men- de cavalos Pantaneiros apresenta ca-
to especial, com início cerca de três racterísticas de adaptabilidade às
meses antes do evento. condições ambientais do Pantanal.
REFERÊNCIAS
Santos, S.A., M.C.M. Mazza, J.R.B. Sereno, 40 p.il. (EMBRAPA-CPAP. Circular Téc-
U.G.P. Abreu and J.A. Silva. 1995. Ava- nica, 21).
liação e conservação do cavalo Panta- SAS Institute. Statistical Analysis System.
neiro. Corumbá, MS: EMBRAPA-CPAP. 1989. Version 6.2., Cary. 705 p.
Recibido: 16-12-03. Aceptado: 13-2-04.
Archivos de zootecnia vol. 53, núm. 203, p. 336.

Soyez le premier à déposer un commentaire !

17/1000 caractères maximum.