Produção de tilápia do Nilo Oreochromis niloticus (linhagem Chitralada), cultivada em tanques-rede, sob diferentes densidades de estocagem (Production of the Nile tilapia Oreochromis niloticus (Chitralada strain) reared in cages with different stocking densities)

-

Documents
12 pages
Obtenez un accès à la bibliothèque pour le consulter en ligne
En savoir plus

Description

Resumo
O cultivo de peixes em tanques rede é uma modalidade da piscicultura que possibilita o aproveitamento de ambientes aquáticos já existentes como os reservatórios de usinas hidroelétricas. Na tilapicultura em tanques-rede os peixes são submetidos às altas densidades de estocagem, garantindo maior biomassa produzida. O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho zootécnico em quatro diferentes densidades de estocagem para tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) cultivadas em 12 tanques-rede de 4 m³ instalados no reservatório da usina hidroelétrica de Rosana, no município de Euclides da Cunha Paulista, São Paulo, Brasil. Os peixes foram arraçoados três a duas vezes ao dia com ração comercial extrusada contendo 32 p.100 de PB durante 135 dias. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casua-lizado com 4 tratamentos (densidades de 250, 300, 350 e 400 peixes/m³) e 3 repetições. Os parâmetros físico-químicos como oxigênio dissolvido, temperatura, condutividade elétrica, pH e transparência da água foram semanalmente monitorados e correlacionados com desempenho durante a produção de tilápia em tanques-rede. Analisando o desempenho zootécnico apresen-tado pelos peixes ao final de 135 dias de cultivo, verificou-se que o aumento da densidade de estocagem promoveu aumento linear (p<0,01) na biomassa final, produtividade, consumo de ração e conversão alimentar aparente, enquanto que o peso médio final e ganho de peso médio diário apresentaram relação inversamente proporcional ao aumento da densidade. A maior produtividade e produção, respectivamente foram de 191,37±15,50 kg/m3 e 765,47±62,01 kg/gaiola, obtidas no tratamento com 400 peixes/m3, porém deve ser analisado o impacto econômico da conversão alimentar que também aumentou de 1,54 para 1,75, demandando maior consumo de ração e conseqüentemente aumentando os custos de produção.
Abstract
The culture of fish in cages is a kind of the fisheries that makes possible the aquatic environment exploitation that already existing as the reservoirs of hydroelectric plants. In the tilapia culture using cages the fish are submitted to high stocking density, which allows greater production of biomass. The aim of this research was to verify the growth performance of four stocking densities of Nile tilapia (Oreochromis niloticus) reared in twelve 4 m3 cages which were placed in a hydroelectric reservoir of Rosana, Euclides da Cunha Paulista, São Paulo State, Brazil. The fish were fed three times a day with commercial floating feeds with 32 percent PB during 135 days. A entirely randomised experimental design was used with four treatments (250, 300, 350 and 400 fish/m3) and three replicates. The dissolved oxygen, water temperature, electric conductivity, pH and transparency were measured once a week and correlated with performance during the tilapia production in cages. Analysing the productive performance presented by the fish at the end of 135 days of cultivation it was verified that the increase of the stocking density promoted lineal increase (p<0.05) in the final biomass, productivity, ration consumption and feed conversion rate, while the final average body weight and mean daily weight gain presented relationship inversely proportional to the increase of the density. The highest productivity and production were respectively 191.37±15.50 kg/m3 and 765.47 ± 62.01 kg/cage, obtained in the treatment with 400 fish/m3, however it should be analysed the economic impact of the feed conversion rate that increased from 1.54 to 1.75, demanding bigger ration consumption and consequently increasing the production costs.

Sujets

Informations

Publié par
Publié le 01 janvier 2006
Nombre de visites sur la page 96
Langue Português
Signaler un problème

PRODUÇÃO DE TILÁPIA DO NILO OREOCHROMIS NILOTICUS
(LINHAGEM CHITRALADA), CULTIVADA EM TANQUES-REDE,
SOB DIFERENTES DENSIDADES DE ESTOCAGEM
PRODUCTION OF THE NILE TILAPIA (CHITRALADA
STRAIN) REARED IN CAGES WITH DIFFERENT STOCKING DENSITIES
Marengoni, N.G.
Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE). Centro de Ciências Agrárias. Rua Pernambuco,
1777. CEP 85960-000, Marechal Cândido Rondon – PR. Pesquisador do GESOMA. Brasil.
E-mail: marengoni@unioeste.br
PALAVRAS CHAVE ADICIONAIS ADDITIONAL KEYWORDS
Tilápia Chitralada. Crescimento. Tanques-rede. Chitralada tilapia. Growth. Stocking density. Cage.
RESUMO
O cultivo de peixes em tanques rede é uma durante a produção de tilápia em tanques-rede.
modalidade da piscicultura que possibilita o Analisando o desempenho zootécnico apresen-
aproveitamento de ambientes aquáticos já exis- tado pelos peixes ao final de 135 dias de cultivo,
tentes como os reservatórios de usinas verificou-se que o aumento da densidade de
hidroelétricas. Na tilapicultura em tanques-rede estocagem promoveu aumento linear (p<0,01)
os peixes são submetidos às altas densidades na biomassa final, produtividade, consumo de
de estocagem, garantindo maior biomassa ração e conversão alimentar aparente, enquanto
produzida. O objetivo deste trabalho foi avaliar o que o peso médio final e ganho de peso médio
desempenho zootécnico em quatro diferentes diário apresentaram relação inversamente pro-
densidades de estocagem para tilápia do Nilo porcional ao aumento da densidade. A maior
(Oreochromis niloticus) cultivadas em 12 tan- produtividade e produção, respectivamente foram
3ques-rede de 4 m³ instalados no reservatório da de 191,37±15,50 kg/m e 765,47±62,01 kg/gaiola,
3usina hidroelétrica de Rosana, no município de obtidas no tratamento com 400 peixes/m , porém
Euclides da Cunha Paulista, São Paulo, Brasil. Os deve ser analisado o impacto econômico da
peixes foram arraçoados três a duas vezes ao conversão alimentar que também aumentou de
dia com ração comercial extrusada contendo 32 1,54 para 1,75, demandando maior consumo de
p.100 de PB durante 135 dias. Utilizou-se o ração e conseqüentemente aumentando os
delineamento experimental inteiramente casua- custos de produção.
lizado com 4 tratamentos (densidades de 250,
300, 350 e 400 peixes/m³) e 3 repetições. Os
parâmetros físico-químicos como oxigênio SUMMARY
dissolvido, temperatura, condutividade elétrica,
pH e transparência da água foram semanalmente The culture of fish in cages is a kind of the
monitorados e correlacionados com desempenho fisheries that makes possible the aquatic
Arch. Zootec. 55 (210): 127-138. 2006.
01ProducaoMarengoni.p65 127 05/06/2006, 12:33MARENGONI
environment exploitation that already existing as sobre os estoques pesqueiros naturais,
the reservoirs of hydroelectric plants. In the como também para reduzir os impac-
tilapia culture using cages the fish are submitted tos negativos que a exploração
to high stocking density, which allows greater pesqueira indiscriminada pode causar
production of biomass. The aim of this research nos ecossistemas aquáticos (Rotta e
was to verify the growth performance of four Queiroz, 2003).
stocking densities of Nile tilapia (Oreochromis O Brasil reúne condições extrema-
3niloticus) reared in twelve 4 m cages which mente favoráveis à piscicultura. Além
were placed in a hydroelectric reservoir of do grande potencial de mercado, o país
Rosana, Euclides da Cunha Paulista, São Paulo conta com clima favorável, boa dis-
State, Brazil. The fish were fed three times a day ponibilidade de áreas, grandes safras
with commercial floating feeds with 32 percent de grãos (soja, milho, trigo, entre outros
PB during 135 days. A entirely randomised expe- que geram matérias primas para rações
rimental design was used with four treatments animais) e invejável potencial hídrico
3(250, 300, 350 and 400 fish/m) and three (Bozano, 2002; Kubitza, 2003).
replicates. The dissolved oxygen, water Rotta e Queiroz (2003) enfatizam
temperature, electric conductivity, pH and que a piscicultura em tanques rede é
transparency were measured once a week and
uma técnica relativamente barata e
correlated with performance during the tilapia
simples, quando comparada à pisci-
production in cages. Analysing the productive
cultura tradicional em viveiros de terra,
performance presented by the fish at the end of
pois possibilita a utilização de ampla
135 days of cultivation it was verified that the
variedade de ambiente aquático, a
increase of the stocking density promoted lineal
exemplo dos reservatórios de hidro-increase (p<0.05) in the final biomass, productivity,
elétrica, dispensando os custos comration consumption and feed conversion rate,
construções de viveiros. No Brasil, awhile the final average body weight and mean
despeito do grande potencial repre-daily weight gain presented relationship inversely
sentado pelos seis milhões de hectaresproportional to the increase of the density. The
de águas represadas nos açudes dehighest productivity and production were
3 grandes reservatórios, construídosrespectively 191.37±15.50 kg/m and 765.47 ±
principalmente com a finalidade de62.01 kg/cage, obtained in the treatment with 400
3 geração de energia hidrelétrica, afish/m, however it should be analysed the
produção comercial de peixes em tan-economic impact of the feed conversion rate that
ques rede está apenas começando eincreased from 1.54 to 1.75, demanding bigger
num futuro próximo poderá tornar oration consumption and consequently increasing
país um dos maiores produtoresthe production costs.
mundiais.
Dentre os peixes que apresentam
potencial para a produção em tanquesINTRODUÇÃO
rede, a tilápia do Nilo (Oreochromis
niloticus) se tornou na última décadaA rápida expansão da aqüicultura
a espécie mais cultivada no Brasil,no Brasil nos últimos anos, a uma taxa
sendo responsável por aproximada-de 15 p.100 a.a., vem sendo considera-
mente 40 p.100 do volume da aqüiculturada como uma das melhores alternati-
nacional. Esta espécie está entrevas para diminuir a pressão da pesca
Archivos de zootecnia vol. 55, núm. 210, p. 128.
01ProducaoMarengoni.p65 128 05/06/2006, 12:33PRODUÇÃO DE TILÁPIA DO NILO CULTIVADA EM TANQUES-REDE
aqueles que possuem características (Schimittou, 1997). Com o aumento da
desejáveis por terem boa aceitação e densidade de estocagem, a biomassa
elevado valor comercial, excelente total também aumenta, porém o peso
conversão alimentar e conseqüen- individual tende a diminuir. Por outro
temente custos de produção relativa- lado, a homogeneidade de peso entre
mente baixos, especialmente nos paí- os peixes aumenta à medida que se
ses em desenvolvimento (Zimmermann eleva a densidade de estocagem
e Hasper, 2003). Além disso, pode ser (Watanabe et al., 1996a; Watanabe et
considerada rústica, precoce e com al., 1996b).
hábito alimentar onívoro, de amplo es- Altas densidades de estocagem
pectro, que utiliza satisfatoriamente determinam maiores produções e,
altos teores de proteína vegetal, des- conseqüentemente maior retorno so-
pertando um grande interesse também bre os investimentos em estruturas e
dos países desenvolvidos onde predo- equipamentos. Assim sendo, a determi-
minam o cultivo de espécies carnívo- nação da densidade de estocagem ótima
ras que são muito dependentes da para uma espécie e/ou sistema de cul-
farinha de pescado. Uma vez contro- tivo pode ser um fator crítico no siste-
lada a intensidade de sua propagação, ma de produção em tanques-redes
torna-se uma das espécies mais reco- (Hengsawat et al., 1997).
mendadas para a piscicultura em virtude Segundo Kubitza (2000), no cultivo
de adaptar-se facilmente às práticas de tilápias em tanques rede, a produção
3de manejo alimentar e também por por ciclo pode varia de 30 a 300 kg/m
3tolerar altas densidades de estocagem ou 30 a 100 kg/m, dependendo res-
em sistemas intensivos de criação, pectivamente do tamanho do tanque
3como em tanques rede (Balarin e utilizado, pequeno volume (até 6m ) ou
3Haller, 1982; Philippart e Ruwet, 1982; grande volume (superior a 10 m). A
Keenleyside, 1991; Beveridge, 1996). biomassa máxima sugerida para lagoas
3Segundo Gomes e Schlindwein e reservatório é de 300 kg/m. Tais
(2000) são amplos os fatores de biomassas econômicas dependem da
produção afetados por não se ter um qualidade de água e clima das regiões
controle de densidade de peixes, onde se encontram os reservatórios.
essencial para uma ótima exploração e Além disso, os sistemas de produção
rápida expansão da piscicultura. Uma utilizados pela aqüicultura, estruturados
no uso dos recursos hídricos naturais,densidade de estocagem ótima é re-
presentada pela maior quantidade de como, por exemplo, a produção de
peixes produzida eficientemente por peixes em tanques rede em grandes
unidade de área ou volume de um reservatórios, deve ser manejada de
tanque. Produção eficiente não signifi- acordo com as tendências mundiais
ca necessariamente o peso máximo que usam sistemas de produção com-
que pode ser produzido, mas sim o petitivos nas dimensões ecológicas e
sócio-econômicas. O constante moni-peso que pode ser atingido com uma
baixa conversão alimentar, num perío- toramento da qualidade de água, não
do razoavelmente curto e com um peso apenas dentro e entre os tanques rede,
final aceito pelo mercado consumidor mas também do ambiente que os
Archivos de zootecnia vol. 55, núm. 210, p. 129.
01ProducaoMarengoni.p65 129 05/06/2006, 12:33MARENGONI
envolve é a garantia da manutenção da tratamentos e três repetições. Os
qualidade do produto e da susten- tratamentos constituiram-se de quatro
tabilidade neste sistema intensivo de densidades de estocagem: 250, 300,
3produção de peixes. 350 e 400 peixes/m . Foram utilizados
A Secretaria Especial de Aqüicul- juvenis de tilápia do Nilo (Oreochromis
tura e Pesca (SEAP/PR) do governo niloticus), linhagem Chitralada,
brasileiro está normatizando a utilização sexualmente revertidos que após a
das águas públicas da União, através biometria inicial foram distribuídos em
da criação de parques aquícola, que 12 tanques rede, malha ¾ de arame
oficializará uma opção econômica para galvanizado revestido, com dimensões
o sistema intensivo em reservatórios de 2,0 x 2,0 x 1,3 metros de compri-
de usinas hidroelétricas. Devido as mento, largura e altura, respectiva-
diferentes características ecológicas e mente, totalizando uma área de cultivo
sócio-econômicas de um país com as de 4,0 m³ para cada tanque, cobertos
dimensões continentais do Brasil, veri- com o mesmo material para evitar a
fica-se o impedimento do desenvol- fuga dos peixes e ação de predadores.
vimento da piscicultura tradicional nas Os tanques rede foram ancorados no
distintas regiões do território nacional, local de maior profundidade (4,0 m)
obrigando os aqüicultores a buscar al- em séries, distantes 4,0 m entre si,
ternativas de cultivo, entre elas a transversais ao fluxo de água do
utilização de tanques rede. Assim reservatório.
sendo, o objetivo desse estudo foi Os peixes foram alimentados duas
avaliar o efeito da densidade de a três vezes ao dia, sempre respeitando
estocagem no desempenho da tilápia as condições de qualidade de água, em
do Nilo (Oreochromis niloticus), comedouros apropriados e instalados
linhagem Chitralada, cultivada em tan- nos tanques rede. Utilizou-se o siste-
que rede, auxiliando no desenvolvimento ma de arraçoamento manual com ração
de uma alternativa viável da tilapicultura comercial extrusada (Supra Tilápia
®nesse sistema intensivo para a região Gaiola , Alisul Alimentos S/A),
em estudo. contendo os seguintes níveis nutricio-
nais: 32 p.100 de proteína bruta, 7
p.100 de extrato etéreo, 3500 kcal/kg,
MATERIAL E MÉTODOS 9 p.100 de matéria fibrosa, 12 p.100 de
matéria mineral, 2 p.100 de cálcio e 1
O trabalho foi conduzido em uma p.100 de fósforo. A formulação básica
piscicultura particular instalada às da ração incluiu farinha de peixe, farelo
margens do reservatório da Usina de soja, farelo de trigo, farinha de
Hidroelétrica de Rosana, em um afluen- carne e ossos, farinha de vísceras,
te do rio Paranapanema, no município farelo de arroz, farinha de trigo, cloreto
de Euclides da Cunha Paulista, São de sódio, premix vitamínico mineral e
Paulo, Brasil no período de fevereiro a óleo vegetal. Utilizou-se a taxa de
julho de 2004. arraçoamento de 3 a 2 p.100 em
relação à biomassa média do tanque,O delineamento experimental foi
ajustadas de acordo com as biometriasinteiramente casualizado, com quatro
Archivos de zootecnia vol. 55, núm. 210, p. 130.
01ProducaoMarengoni.p65 130 05/06/2006, 12:33PRODUÇÃO DE TILÁPIA DO NILO CULTIVADA EM TANQUES-REDE
quinzenais e a temperatura da água. O Secchi (76,50 a 113,10 cm) e con-
manejo alimentar foi realizado utilizan- dutividade elétrica (20,54 a 33,00 mS/
2do um barco. Foram realizadas cm ) estavam adequadas aos limites
biometrias a cada 15 dias para deter- de conforto da espécie e não tiveram
minar o desempenho dos peixes influência significativa no desempenho
(crescimento, ganho de peso e dos peixes (Popma e Lovshin, 1996;
conversão alimentar), através da Kubitza, 2000). A temperatura da água
amostragem de 20 p.100 dos peixes de do reservatório variou de 19 a 28,6°C,
cada tanque rede. A temperatura foi ficando abaixo dos limites adequados
monitorada diariamente nos horários para o conforto térmico das espécies
de alimentação. Semanalmente foram tropicais que pode ser alcançado den-
monitorados outros parâmetros aquá- tro da faixa de temperatura entre 26 e
ticos como pH, oxigênio dissolvido e 30°C (Galli et al., 1999; Kubitza, 2003).
condutividade elétrica da água utili- Aparentemente este fato não trouxe
zando-se de potenciômetros digitais e prejuízo ao crescimento dos peixes,
para transparência o disco de Secchi, demonstrando a grande adaptabilidade
durante todo o período experimental, desta linhagem de tilápia do Nilo. As
de acordo com as recomendações variações dos valores médios do peso
adotadas por Boyd e Tucker (1998). corporal e da temperatura da água
A taxa de crescimento específico, durante o período experimental
ganho de peso médio diário, fator de encontram-se na figura 1.
condição e conversão alimentar apa- A concentração de oxigênio dissol-
rente foram calculados de acordo com vido variou acima da concentração
as equações propostas por Mainardes mínima (3,0 mg/L) necessária para
Pinto et al. (1986) e Carneiro et al. manter o crescimento ótimo da tilápia
(1999). (Coche, 1982; Boyd e Tucker, 1998),
A análise estatística dos dados garantindo desta forma crescimento
obtidos relacionou os parâmetros de satisfatório nesse experimento. As
desempenho com a densidade median- concentrações de oxigênio dissolvido
te análise de regressão. Os coeficien- não decresceram ao longo do período
tes das equações de regressão foram experimental, apesar do aumento da
biomassa de peixes nos tanques redesubmetidos ao teste t de Student a 5
ao final do cultivo, provavelmentep.100 de probabilidade, utilizando o
devido a maior movimentação propor-Sistema para Análise Estatísticas e
cionada com a alta densidade e oGenéticas, SAEG (UFV, 1999).
pequeno volume do tanque. Além disso,
a temperatura e oxigênio dissolvido
apresentaram comportamento linear eRESULTADOS E DISCUSSÃO
alta correlação negativa entre si (T°C=
38,14-2,78 O D, r= -0,90). As telas dosAs variações observadas durante o 2
tanques eram escovadas quinze-período experimental para os parâ-
nalmente durante as biometrias parametros aquáticos como oxigênio
evitar a colmatação e facilitar adissolvido (3,21 a 6,39 mg/L), pH (5,59
renovação da água entre o tanque redea 6,87), transparência do disco de
Archivos de zootecnia vol. 55, núm. 210, p. 131.
01ProducaoMarengoni.p65 131 05/06/2006, 12:33MARENGONI

D-250 D-300 D-350 D-400 Temperatura
600 30
500 25
400 20
300 15
200 10
100 5
0 0
Fev Mar Abr Mai Jun Jul
Período Experimental
Figura I. Temperatura da água e peso corporal médio da tilápia Chitralada em tanques rede
3 3de 4 m durante 135 dias a 250, 300, 350 e 400 peixes/m . (Water temperature and average body
3 3weigth of Chitralada tilapia reared for 135 days in 4-m cages at 250, 300, 350 and 400 fish/m ).
aumento da densidade de estocageme o ambiente, mantendo assim os
promoveu redução linear (p<0,01) so-parâmetros aquáticos em condições
bre o peso médio final e ganho de pesoaceitáveis para o cultivo de tilápia nesse
médio diário, porém não influenciandosistema. Hargreaves et al. (1991), uti-
no fator de condição dos peixes (tabelalizando a aeração difusa não teve
I). Estes dados corroboram em partesignificante efeito no crescimento,
com aqueles observados por De Paulasobrevivência, conversão alimentar e
(2005). Entretanto, Carneiro et al.produção em tanques estocados com
(1999), testando o efeito das densida-400 ou 600 tilápias/m³ durante 150 dias
des 25, 50, 75 e 100 tilápias vermelhas/de cultivo com arraçoamento de 36
3 3m em tanques rede de 5 m ep.100 de PB. Porém, reduzindo a
Mainardes Pinto et al. (2003),densidade de estocagem, melhora por
avaliando o desempenho nas densida-sua vez, a taxa de crescimento,
des 200, 250 e 300 tilápia vermelhas ouconversão alimentar e peso ao abate,
3tailandesas em tanques rede de 1 mapesar de que a maior biomassa final
não encontraram decréscimo (p>0,05)foi encontrada com altas densidades
no peso médio final, à medida que sede estocagem.
aumentou a densidade de lotação. EmAnalisando o desempenho zootéc-
relação aos valores do ganho de pesonico apresentado pelos peixes ao final
médio diário encontrados nesse estudode 135 dias de cultivo verifica-se que o
Archivos de zootecnia vol. 55, núm. 210, p. 132.
01ProducaoMarengoni.p65 132 05/06/2006, 12:33
Peso corporal (g)
Temperatura da água (oC)PRODUÇÃO DE TILÁPIA DO NILO CULTIVADA EM TANQUES-REDE
variaram de 3,01 a 3,43 g/dia, estando dia), consumo médio de ração (kg) e
de acordo com os valores relatados conversão alimentar aparente. Verifi-
por Mainardes Pinto et al. (2003) para ca-se que houve efeito linear (p<0,05)
tilápia do Nilo, porém cultivada em da densidade sobre o desempenho dos
tanque rede de baixo volume em peixes cultivados em tanques rede sob
açudes. Utilizando a linhagem Chitra- diferentes densidades de estocagem.
3lada em tanques rede de 4 m (235 Observou-se que há um aumento li-
3peixes/m ), Barbosa et al. (2004) near significativo na biomassa final,
também obtiveram ganho de peso produtividade, consumo de ração e
médio diário de 3,83 g e peso médio conversão alimentar aparente à medi-
final de 536,5 g como o melhor da que se eleva a densidade de cultivo.
desempenho. Considerando os mesmos Os resultados de conversão alimentar
indicadores para o presente trabalho, aparente nesse trabalho variam de 1,54
3tem-se 400 peixes/m de densidade de a 1,75, estando compatíveis com os
estocagem; 3,01 g para ganho de peso apresentados por Kubitza (2000) e
médio diário e peso médio final de superiores aos encontrados por
487,15 g, porém utilizando juvenis de Mainardes Pinto et al. (2003). A
maior tamanho e tempo de cultivo mais quantidade de ração consumida e sua
longo que os autores supra citados. eficiência nutricional podem ser
Na tabela II estão apresentados os infuenciadas pela qualidade do alimen-
valores médios de biomassa inicial (kg/ to, espécie de tilápia, idade ou tamanho
3gaiola), biomassa final (kg/m ), incre- dos peixes, sexo e reprodução,
mento relativo de biomassa, produti- disponibilidade e capacidade de
vidade (kg/gaiola), sobrevivência aproveitar o alimento natural, qualidade
(p.100), crescimento específico (p.100/ de água, densidade de estocagem, tem-
Tabela I. Valores médios ± desvio padrão dos parâmetros avaliados à despesca, para tilápia
do Nilo cultivadas em tanque rede por 135 dias, sob quatro diferentes densidades de
estocagem iniciais. (Means values and residual standard deviations of growth performance of Nile
Tilapia reared in cages for 135 days, with four different initial stocking densities).
3Variáveis Densidades (número de peixes/m )
D-250 D-300 D-350 D-400
Peso médio inicial (g) 76,74 ± 4,53 79,36 ± 2,56 80,45 ± 2,73 80,41 ± 2,81
Tamanho médio inicial (cm) 15,11 ± 0,11 15,23 ± 0,06 15,38 ± 0,34 15,32 ± 0,37
1Peso médio final (g) 540,39 ± 7,77 529,70 ± 11,96 501,90 ± 32,13 487,15 ± 44,64
Tamanho médio final (cm) 29,33 ± 0,58 29,33 ± 0,57 28,83 ± 0,76 28,17 ± 0,76
2Ganho de peso médio diário (g/d) 3,43 ± 0,05 3,34 ± 0,08 3,12 ± 0,24 3,01 ± 0,31
KN inicial 2,10 ± 0,24 2,25 ± 0,09 2,33 ± 0,24 2,05 ± 0,50
KN final 2,14 ± 0,09 2,10 ± 0,10 2,09 ± 0,05 2,17 ± 0,02
1 2 2 2Y= 636,666 – 0,3750x; R = 0,4439 (p<0,01); Y= 4,784 – 0,0053x; R = 0,7679 (p<0,01).
Archivos de zootecnia vol. 55, núm. 210, p. 133.
01ProducaoMarengoni.p65 133 05/06/2006, 12:33MARENGONI
peratura da água e nível de arraçoa- Arcanjo et al. (2005), porém com den-
mento. O incremento relativo de sidades máximas de 100, 300, 235 e
3biomassa ou crescimento específico 165 peixes/m, respectivamente. Os
apresentou relação inversamente pro- valores de produtividade registrados
porcional ao aumento da densidade. estão de acordo com Lovshin (1997),
Os valores de crescimento específico Costa et al. (2000) e Kubtiza (2000)
nesse estudo (1,33 a 1,44 p.100/dia) que preconizam a produção de até 300
3 foram maiores que aqueles encontra- kg/m em sistemas de gaiolas de alta
dos por Carneiro et al. (1999), densidade e pequeno volume como
estudando o crescimento da tilápia caracterizado neste estudo. As
vermelha da Fórida em tanques rede produtividades máximas e ótimas rela-
(0,69 a 0,71 p.100/dia). A taxa de tadas por vários autores variam muito
sobrevivência variou de 98,27 a 99,06 devido a inúmeros fatores incluindo o
p.100. estágio de desenvolvimento do cultivo,
A maior biomassa final e produti- qualidade e quantidade de alimento,
vidade, respectivamente foram de características biológicas, físicas e
3191,37±15,50 kg/m e 765,47±62,01 kg/ químicas do ambiente aquático, entre
gaiola, obtidas no tratamento com 400 outros (Bozano, 2002).
3peixes/m (tabela II). Os valores de De acordo com Boyd (1990) a
produtividade obtidos neste estudo intensificação do cultivo interage com
estão acima daqueles alcançados por muitas variáveis que influenciam o lu-
Clark et al. (1990), Mainardes Pinto et cro, a eficiência produtiva e a
al. (2003), Barbosa et al. (2004) e sustentabilidade. Se a taxa de esto-
Tabela II. Valores médios ± desvio padrão dos parâmetros avaliados à despesca, para tilápia
do Nilo cultivadas em tanque rede por 135 dias, sob quatro diferentes densidades de
estocagem iniciais. (Means values and residual standard deviations of growth performance of Nile
Tilapia reared in cages for 135 days, with four different initial stocking densities).
3Variáveis Densidades (número de peixes/m )
D-250 D-300 D-350 D-400
Biomassa inicial (kg/gaiola) 19,18 ± 1,13 23,81 ± 0,77 28,16 ± 0,96 32,16 ± 1,13
3 1**Biomassa final (kg/m ) 133,12 ± 2,12 157,40 ± 3,19 173,78 ± 10,92 191,37 ± 15,50
2**Produtividade (kg/gaiola) 532,33 ± 8,63 629,61 ± 12,77 695,10 ± 43,69 765,47 ± 62,01
3**Incremento relativo de Biomassa 5,95 ± 0,38 5,62 ± 0,22 5,18 ± 0,49 4,94 ± 0,27
Sobrevivência 98,53 ± 0,15 99,06 ± 0,49 98,93 ± 0,14 98,27 ± 1,06
4**Consumo de ração (kg) 704,34 ± 16,64 826,40 ± 25,58 925,22 ± 26,53 1107,92 ± 49,04
5*Conversão alimentar aparente 1,54 ± 0,05 1,55 ± 0,02 1,65 ± 0,18 1,75 ± 0,13
6**Crescimento específico 1,44 ± 0,04 1,41 ± 0,02 1,35 ± 0,06 1,33 ± 0,04
1 2 2 2 3 2Y= 39,60 + 0,3824x; R = 0,8733; Y= 158,43 + 1,5296x; R = 0,8733; Y= 97,46 – 0,0042x; R = 0,6279;
4 2 5 2 6 2Y= 27,36 + 2,6811x; R= 0,9685; Y= 1,16 + 0,0014x; R= 0,4038; Y= 1,64 – 0,0007x; R= 0,5938;
* **(p<0,05); (p<0,01).
Archivos de zootecnia vol. 55, núm. 210, p. 134.
01ProducaoMarengoni.p65 134 05/06/2006, 12:33PRODUÇÃO DE TILÁPIA DO NILO CULTIVADA EM TANQUES-REDE
cagem ótima for definida como a que A aqüicultura intensiva não é um
proporciona o maior lucro, esta empreendimento de baixa incorporação
densidade populacional também de insumos e livres de problemas
provavelmente otimiza os custos ambientais, porém quando as boas
operacionais, minimizando os gastos práticas de manejo são adotadas o
com mão de obra, energia, ração, lucro e a sustentabilidade passam ser
doenças e qualidade do efluente, entre otimizada ao mesmo tempo. Segundo
outros, pois todos estes fatores Ono e Kubitza (2003), no caso especí-
contribuem direta ou indiretamente à fico da produção em tanque rede, tanto
sobrevivência e crescimento dos peixes o planejamento quanto o controle da
que são fundamentais para o retorno produção é facilitado porque as unida-
do capital investido. Neste estudo des de produção são constituídas no
verificou-se que há um aumento linear tamanho e na quantidade programada,
da biomassa final à medida que se e normalmente estão agrupadas em
eleva a densidade de estocagem ini- áreas relativamente pequenas, em
cial, concordando com Barbosa et al. comparação à produção em viveiros
(2000). A produção por tanque rede convencionais, facilitando o manejo
foi bem mais elevada em D-400 (765,47 geral e reduzindo a mão de obra.
kg), representando 30,44 p.100 e 17,75 Ono e Kubitza (2003) sugerem que
p.100 superior às observadas em D- a biomassa econômica está entre 60 e
250 (532,47 kg) e D-300 (629,61 kg), 80 p.100 da capacidade de sustentação
respectivamente. Além disso, a do tanque-rede, sendo portanto
quantidade de tanque rede e mão de necessários determinar os indicadores
obra diminuem quando se intensifica o econômicos de produção. A biomassa
sistema. A exemplo do desempenho econômica de um lote de produção
3zootécnico obtido no presente trabalho, situa entre 200 a 300 kg/m (Kubitza,
3utilizando tanque rede de 4 m, para 2000) para tanques rede de pequeno
atingirem a produção resultante de dois volume, sendo calculada com base no
3tanques estocados com 400 peixes/m ganho em biomassa, no custo de
seriam necessários três com 250 peixes/ produção e no valor de comercialização
3m . Porém, deve ser analisado o im- do peixe. Neste estudo, ao final do
pacto econômico da conversão alimen- período de cultivo todos os lotes
tar que também aumentou de 1,54 para apresentaram peso médio à despesca
1,75, correspondendo 12 p.100 de variando de 487,15 a 540,39 g, consi-
acréscimo, demandando maior consu- derado aceitáveis pela indústria
mo de ração e conseqüentemente au- processadora de pescado, apesar de
mentando os custos de produção. Como que o aumento da densidade de esto-
no cultivo de peixes em tanques rede a cagem reduziu linearmente (p<0,01) o
ração pode representar de 50 a 70 peso médio final, ganho de peso médio
p.100 do custo total de produção, é diário e conseqüentemente o cresci-
fundamental que este insumo seja mento específico. Estes efeitos nega-
aproveitado de forma mais eficiente tivos no crescimento dos peixes devem
na produção dos peixes (Jolly e Clonts, ser melhores estudados, pois podem
1993; Kubitza e Ono, 2003). afetar a duração de cada ciclo de
Archivos de zootecnia vol. 55, núm. 210, p. 135.
01ProducaoMarengoni.p65 135 05/06/2006, 12:33MARENGONI
produção, refletindo no tempo de variações inversamente proporcional
ocupação dos tanques rede. A biomassa ao aumento da densidade de estocagem,
enquanto que o aumento da densidadefinal do cultivo, ainda que utilizando a
de cultivo elevou linearmente a pro-maior densidade, ficou abaixo da
dutividade, biomassa final, consumocapacidade de sustentação de tanques
de ração e conseqüente a conversãorede sugerida por Kubitza (2000),
alimentar aparente.porém é necessário ser levado em
A alta densidade de cultivo pro-consideração a sustentabilidade am-
porcionou maior produtividade, emborabiental dos sistemas de produção em
elevou a conversão alimentar aparen-reservatórios de usinas hidroelétricas,
te, implicando em maior consumo decuja característica marcante é o uso
ração e aumento nos custos de pro-direto dos recursos hídricos da União.
dução.
Apesar da redução do peso médio
CONCLUSÃO final com o aumento da densidade de
estocagem, este efeito não afetou o
Ao final de 135 dias de cultivo o peso médio individual desejado para a
peso final, ganho de peso médio diário indústria processadora de tilápia do
e crescimento específico apresentaram Nilo que dever estar ao redor de 500 g.
BIBLIOGRAFIA
Arcanjo, M.S.N, J.P. Lopes e A.M. Oliveira. 2005. ABRAq. p. 205-211.
Produção de híbridos de tilápia: retrocru- Beveridge, M.C.M. 1996. Cage aquaculture. 2.
zamento viabiliza o cultivo comercial de tilápias ed. Oxford: Fishing News Books. 346 p.
em tanques-rede sem a necessidade de Bozano, G.L.N. 2002. Viabilidade técnica da
reversão sexual. Panorama da Aqüicultura, criação de peixes em tanques rede. In:
15: 27-29. Simpósio Brasileiro de Aqüicultura, 12, 2002,
Balarin, J.D. and R.D. Haller. 1982. The intensive Goiânia. Anais... Goiânia: ABRAq. p. 107-
culture of tilapia in tanks, raceways and 111.
cages. In: Muir, J.F. and R.J. Roberts (Ed). Boyd, C.E. 1990. Water quality in ponds for
Recent advances in aquaculture. London: aquaculture. Auburn: Auburn University Ex-
Croom Helm. p. 267-355. perimental Station. 482 p.
Barbosa, A.C.A., L.D.L. Almeida, P.A.A. Medeiros Boyd, C.E. and C.S. Tucker. 1998. Pond water
e R.B. Fonseca. 2000. Cultivo de tilapia nilótica quality management. Boston: Kluwer
em gaiolas flutuantes na barragem do Assu- Academic. 700 p.
RN. In: International Symposium on Tilapia Carneiro, P.C.F., J.E.P. Cyrino e N. Castagnolli.
Aquaculture, 5., 2000. Rio de Janeiro. Anais… 1999. Produção da tilápia vermelha da Flórida
Rio de Janeiro: Fitzsimmons K. p. 400-406. em tanques-rede. Scientia Agricola, 56: 673-
Barbosa, A.C.A., L.D.L. Almeida e R.B. Fonseca. 679.
2004. Avaliação de três diferentes seqüên- Clark, J.H., W.O. Watanabe and D.H. Ernst. 1990.
cias de arraçoamento no cultivo de tilápia em Effect of feeding rate on growth and feed
gaiolas. In: Simpósio Brasileiro de Aqüicultura, conversion of Florida red tilapia reared in
13., 2004, Fortaleza. Anais... Fortaleza: floating marine cages. J. World Aquac. Soc.,
Archivos de zootecnia vol. 55, núm. 210, p. 136.
01ProducaoMarengoni.p65 136 05/06/2006, 12:33